Notícias

Sonhos ou metas? Definir bem seus objetivos faz diferença

1551026792_SONHOS.png
A forma como você estará se sentindo daqui a um ano, depende, em grande parte, das escolhas que você fizer agora. Geralmente, somos contagiados pelo clima de final de ano que, na maioria das vezes, envolto em muitas celebrações, nos levam a vivenciar um clima de otimismo e Fé, fazendo-nos acreditar que tudo é possível. A verdade é que as coisas não são bem assim, e a realidade, mais cedo ou mais tarde, nos trará os resultados práticos das nossas escolhas.Mas que escolhas são estas afinal? Simples! São as escolhas que fazemos, muitas vezes sem pensar muito, em relação aos nossos desejos e expectativas sobre o ano que se inicia.   A grande maioria das pessoas não percebe a importância disso e estabelece metas e objetivos muito mais por impulso do que norteadas pela razão e pelo bom senso, itens fundamentais para transformar sonhos em metas e assim, torná-los alvos tangíveis à nossa realidade.É sobre a importância destas escolhas que queremos falar aqui e como é fundamental que você dedique um tempo em definir suas escolhas e estabelecer suas metas. O quanto você vai dar importância em saber definir suas metas para 2019 é que fará a diferença entre o fracasso ou o sucesso.Separamos algumas dicas que, se não são a certeza de sucesso, ao menos irão contribuir para que suas escolhas sejam mais possíveis de serem alcançadas em 2019.
1 - PROCURE A SOLIDÃO
Decidir o que você quer para sua vida é algo muito importante e você precisa procurar estar em paz e longe de influências, para avaliar o quanto algo é realmente fundamental para a sua felicidade. Uma boa xícara de café (ou outra bebida que você aprecie), silêncio e tempo, são fundamentais; não tenha pressa em pensar sobre isso, afinal, é a sua vida em questão. É claro, que se você vive em família, muita coisa pode e deve ser compartilhada, inclusive sonhos!
2- ACEITE LIMITES
Antes de partir por escolher ter, ser ou estar em algum lugar como meta para 2019 é importante você reconhecer quem você é hoje e quais são os seus limites atuais. Isso não significa que você não possa rever isso mais adiante, porém, é preciso ter os pés no chão. Por exemplo, se você ganha um salário mínimo por mês, não é inteligente desejar terminar o ano com as chaves de uma casa própria totalmente paga; mas você pode, perfeitamente, com dedicação e foco terminar o ano com o dinheiro necessário para dar entrada num financiamento. Um ano passa rápido!
3- DIVIDA SEUS OBJETIVOS
Viver em função de um único objetivo pode ser muito estressante e perigoso. Além do grande risco do fracasso, uma vez que, no geral, sonhos assim sempre são “grandes demais”, você deixa de gozar o melhor da vida que é a própria vida. Estabelecer objetivos a curto, médio e longo prazo torna nossa jornada mais fácil e prazerosa. Estabelecer, por exemplo, fazer um passeio por mês e concluir um curso de capacitação em 3 meses, lhe trarão muito mais autoconfiança para que você chegue ao seu maior objetivo do ano.
Portanto, seja sábio nas escolhas e lembre-se: uma boa maneira de não conseguir nada é escolher querer tudo. Feliz 2019!
Compartilhe a Postagem: